Emenda reduzindo o número de cadeiras deverá entrar em pauta ainda esta semana

 

Depois de duas alterações consecutivas (2014 e 2016) o artigo da Lei Orgânica Municipal de Nova Iguaçu poderá sofrer, nos próximos dias, mais uma mudança. Uma emenda reduzindo – pela terceira vez – o número de vereadores do município deverá ser colocada em votação ainda esta semana, passando a composição da Casa de 17 para 15 cadeiras. Se aprovado, o dispositivo legal vai passar a valer para a legislatura a ser iniciada em 1 de janeiro de 2021, quando serão empossados os que forem eleitos em outubro de 2020.

Segundo levantamento, parcela da população que considera governo ruim ou péssimo subiu de 17% para 24%

 

Redação, O Estado de S.Paulo

Pesquisa telefônica do Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) realizada por encomenda da corretora XP Investimentos detectou aumento da desaprovação ao governo de Jair Bolsonaro (PSL) entre fevereiro e março, além de oscilação negativa na taxa de aprovação. A parcela da população que considera o governo ruim ou péssimo subiu de 17% para 24%, enquanto a que avalia a gestão como boa ou ótima passou de 40% para 37% – nesse caso, variação dentro da margem de erro da pesquisa, de três pontos porcentuais.

Estimativa é de que ainda estão mantidos 30% dos nomeados antigos

 

O ex-presidente da Jorge Picciani está cumprindo prisão preventiva em casa e seu parceiro de todos os tempos e também da Operação Cadeia Velha, Paulo Melo, está na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica. A situação dos dois não é nada boa, mas o mesmo não se pode dizer de alguns de seus aliados, pois muitos deles ainda estão nomeados na Assembleia Legislativa, embora Picciani e Melo não tenham mais mandatos. A estimativa é de que apenas 70% dos nomeados ligados a eles foram exonerados, restando uns 30% com salários superiores aos da maioria esmagadora dos trabalhadores da iniciativa privada e dos servidores públicos. O que se comenta nos corredores do Palácio Tiradentes é que – mesmo o comando da Casa tendo saído da interinidade – ser ou ter sido ligado aos dois ex-caciques do MDB ainda estaria valendo muito por lá, principalmente para um seleto grupo de privilegiados.

Rogério Lisboa, Juninho do Pneu, Luizinho, Carlos Augusto, Raquel Staziak e o ex-prefeito de Queimados Max Lemos já são vistos como possíveis candidatos, mas vai depender muito das preliminares antes do grande jogo eleitoral

As eleições municipais estão longe, mas...

 

Há dois anos e pouco mais de dois meses no cargo, o prefeito Rogério Lisboa (PR) ainda não teve tempo para pensar na sucessão, mas é certo que não ficará fora do jogo. Tem dito que não sabe se disputa um segundo mandato ou se opta por apoiar alguém, mas o fato é que a cadeira dele – apesar dos muitos problemas do município e do caixa baixo – é bastante cobiçada, inclusive por gente do mesmo grupo, como o deputado federal Rogério Teixeira Júnior, Juninho do Pneu (DEM). A Prefeitura de Nova Iguaçu é alvo ainda do deputado federal Luiz Antonio Teixeira Junior (PP); dos deputados estaduais Carlos Augusto (PSD) e Max Lemos, ex-prefeito de Queimados que está de malas prontas para deixar o MDB e embarcar do PDT. Como não poderia ser diferente, o empolgado PSL também está piscando os olhinhos para a administração municipal iguaçuana, com algumas correntes apostando no nome da quarta suplente Raquel Staziak...

Tribunal Superior Eleitoral manda soltar o ex-prefeito de Silva Jardim, mas nova decisão impede posse na Assembleia Legislativa

 

Com dois decretos de prisão preventiva, o ex-prefeito de Silva Jardim e deputado estadual eleito Wanderson Gimenes, o Anderson Alexandre (SD), conseguiu, em um dia, duas decisões diferentes. O Tribunal Superior Eleitoral concedeu habeas corpus a ele e ao vereador Roni Pereira da Silva no processo em que respondem por fraude em atas de convenções partidárias para as eleições de 2016, ano em que Anderson foi reeleito. No mesmo processo a juíza Daniella Correia da Silva, da 63ª Zona Eleitoral decidiu que ele não poderá assumir o mandato de deputado estadual conquistado nas urnas em outubro do ano passado.