O carro brindado usado pelo candidato do PRP foi alvejado por vários tiros no inicio da madrugada de sexta

Ex-integrante do Bope é um dos oito concorrentes à Prefeitura local, mas não foi mencionado nem por 1% dos eleitores consultados na amostra registrada na Justiça Eleitoral

Na última sexta-feira, enquanto se encontrava na 63ª DP para falar sobre o suposto atentado político que teria sofrido no início da madrugada, em conversa com jornalistas o candidato do PRP a prefeito de Japeri, o policial militar Andre Luis de Oliveira Cristino, o Andrezinho, afirmou ter certeza que os tiros disparados contra o carro blindado no qual se encontrava indo para casa na companhia de um amigo (também policial) tinham a finalidade de o tirar da disputa, já que ele estaria crescendo nas pesquisas. Entretanto, a única consulta de intenção de votos registrada na Justiça Eleitoral foi realizada no dia 17 de setembro, divulgada dia 22 e os resultados apontaram que ele não foi citado nem por 1% dos eleitores entrevistados.

Rogério Cabral aparece com 26% das intenções de voto, Glauber Braga 21% e Renato Bravo 13%

Atual prefeito tem 26% das intenções de voto e o segundo colocado aparece com 21%

Candidato a reeleição pelo DEM, Rogério Cabral, prefeito de Nova Friburgo, município da Região Serrana Fluminense tem 26% das intenções de voto, segundo revela pesquisa realizada no dia 17 de setembro pelo Instituto RM Mariath, que ouviu 599 eleitores. O resultado mostra o deputado estadual Glauber Braga, candidato do PSOL, em segundo lugar, com 21 pontos percentuais. Registrada na Justiça Eleitoral sob o 07598/2016, a pesquisa tem margem de erro estimada em 4% e 95% de intervalo de confiança.  A consulta aponta como terceiro colocado o candidato Renato Bravo (PP), com 13%, seguido de Grace Arruda (PMDB), com 10% e Renato Abi-Ramia (PR), com 6%, enquanto Hugo Moreno (PSTU) não atingiu 1% das intenções de voto.

No áudio Hamilton Pitico demonstra arrependimento por ter deixado cargo de chefe de gabinete do deputado Paulo Melo para aceitar ser o candidato a prefeito do grupo

Gravação tem voz do deputado falando em gastos de R$ 4,1 milhões

“Se todo mundo perder, ninguém gastou nada, eu me f… todo. Tirei R$ 4,1 milhões do meu patrimônio”, disse o deputado estadual Paulo Melo durante uma reunião com o seu candidato a prefeito de Saquarema, Hamilton Nunes de Oliveira, o Pitico (PMDB), que respondeu: “Eu estava bem, no meu carguinho lá, e agora você que me botou nisso”. A conversa foi gravada sem que Melo - que atualmente comanda a Secretaria de Assistência Social - soubesse e teria sido vazada via Whatsap do telefone celular do próprio Pitico, que demonstrou estar arrependido de ter deixado o cargo de chefe de gabinete de Melo para se aventurar na disputa pela Prefeitura.

O vereador Deucimar Talon está nas ruas pedindo votos em campanha para prefeito

Vereador de Rio das Ostras é investigado por causa de supostos assessores fantasmas

Candidato a prefeito de Rio das Ostras pelo PRP, o vereador Deucimar Talon Toledo tem atacado com frequência seus principais adversários, o prefeito Alcebíades Sabino (PSDB) e o ex-prefeito Carlos Augusto Balthazar que, de acordo com pesquisa de intenção de votos registrada na Justiça Eleitoral e divulgada recentemente, estão à frente dele na disputa. Entretanto, seu maior argumento na campanha, o de caçador de servidores fantasmas, perdeu força esta semana, com a divulgação de que ele está sendo investigado pelo Ministério Público por supostamente ter mantido em seu gabinete na Câmara pelo menos três nomeados que teriam recebido, juntos, cerca de R$ 13 mil mensais sem trabalhar.

Quarenta e cinco por cento dos eleitores ouvidos acham que André Ceciliano será o vencedor da disputa

Deputado estadual abre oito pontos de vantagem sobre o segundo colocado

Se as eleições fossem hoje o deputado estadual André Ceciliano (PT) seria eleito prefeito em Japeri com oito pontos percentuais de vantagem sobre o ex-prefeito Carlos Moraes Costa, que concorre pelo PP à sucessão do prefeito Ivaldo Barbosa dos Santos, o Timor, que está fora da disputa por ter sido reeleito em 2012 para o segundo mandato consecutivo. Segundo pesquisa realizada pelo Instituto RM Mariath, André tem 36% da preferência dos eleitores e Carlos - que teve o registro de candidatura indeferido pela Justiça - 28%.  Registrada no sistema do Tribunal Superior Eleitoral com o numero RJ-06974/2016, a pesquisa ouviu 597 eleitores no dia 17 de setembro.