Pneus velhos viram canteiros em Mesquita
Itaguaí tem espaço para terceira via na sucessão municipal
Prefeitura de Aperibé vai gastar R$ 848 mil com padaria...
Transporte de alunos em Japeri vai custar R$ 3,3 milhões
Aumento no contrato da merenda daria para construir uma creche por ano em Resende

Prefeitura não divulga contratos nem atas de registro de preços e faz mistério sobre licitações

 

O Tribunal de Contas do Estado já apontou irregularidades em processos licitatórios e contratos firmados pela Prefeitura de Japeri e está com as atenções voltadas agora para a falta de transparência em relação aos gastos públicos. O órgão recebeu representações que foram registradas em dois processos para, de acordo com a ouvidoria do órgão, "subsidiar futuras auditorias a serem realizadas no município de Japeri". Um dos contratos tidos como irregular pelo TCE é o que foi firmado com uma empresa sem frota para locação de máquinas e caminhões. A firma W.A. de Oliveira Transportes, Comércio, Locação e Serviços – que, de acordo com o órgão fiscalizador, funcionou como mera intermediária entre a Prefeitura e os verdadeiros dos equipamentos – recebeu R$ 6,6 milhões dos cofres da municipalidade.

Os três contratos somam pouco mais de R$ 118 mil, mas não revelam a quantidade que está sendo adquirida

Depois de comprometer R$ 840 mil reais com a compra de pães, bolos, rosquinhas, salgadinhos, leite e manteiga em uma padaria da cidade, sem deixar claro a quantidade a ser adquirida, a Prefeitura de Aperibé volta a fazer o mesmo em relação ao fornecimento de gás de cozinha para algumas secretarias. Os três contratos firmados recentemente para esse objeto somam R$ 118.180,00, o suficiente para comprar mais de 1.800 botijões de 13 quilos em um ano, considerando o preço médio unitário de R$ 65.

Estimativa de queda é de 0,68% no primeiro trimestre deste ano.

Com a tramitação da reforma da Previdência em ritmo menor do que o esperado, o mercado financeiro tem reduzido cada vez mais a previsão para o crescimento da economia este ano. O fraco desempenho da economia foi apontado na última semana pelo Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), que apresentou queda de 0,68% no primeiro trimestre deste ano.

Evento vai acontecer no próximo dia 30

 

O Ministério Público Federal (MPF) organiza uma reunião aberta, em 30 de maio, para discutir com o governo do estado do Rio de Janeiro e o município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, medidas de combate à intolerância religiosa. Entre elas, estão ações de valorização da cultura africana e afro-brasileira nas escolas, a imunidade tributária a terreiros, acolhimento das vítimas e a repressão a grupos criminosos que atacam sacerdotes, terreiros e adeptos de religiões afro. O evento é um desdobramento da audiência pública realizada em 6 de maio. 

Espaço para aprendizado ficará disponível sempre às quartas e sextas-feiras, das 10h ao meio-dia

 

Com a proposta de ampliar os serviços socioeducativos, uma parceria entre a Prefeitura de Mesquita e o Fórum da cidade implantou no espaço do Poder Judiciário o projeto "Xadrez Para Todos". O espaço (localizado na sala 205 do fórum) ficará disponível sempre às quartas e sextas-feiras, das 10h ao meio-dia. Inicialmente, serão cinco tabuleiros de xadrez disponíveis, com acompanhamento de professores da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo.