E o 'aquário' tornou-se pequeno para tantos 'peixes' em Magé
Privatização pode salvar o Arco Metropolitano
Queimados ganha palmeiras imperiais em compensação ambiental
Segredo sobre contas chama atenção em Seropédica
Magé espera por novos alunos até o dia 15 de fevereiro

Cidade da Baixada só fica atrás de Guarulhos, município paulista

 

Tais Faccioli

A reabertura da Upa do Jardim Íris, a reforma de vários postos de saúde e a inauguração do mais moderno Centro de Imagem e Diagnóstico da região já refletem em números positivos para São João de Meriti. De acordo com o 14º anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), entre 40 cidades, São João de Meriti foi a segunda que mais ampliou seus investimentos na área da Saúde na região Sudeste, em 2017, atrás apenas de Guarulhos (SP).

Estrada faz parte do trecho da BR-493 incluído no Programa de Desestatização

 

Anunciada em junho de 2015, dentro do que seria "o  maior programa de logística da história do pais", a privatização da Rodovia Rafhael de Almeida Magalhães – trecho da BR-493 que vai de Saracuruna (Duque de Caxias)  a Itaguaí), batizado de Arco Metropolitano  – foi engavetada um ano depois, mas poderá sair do papel nos próximos dois anos. Para isto lideranças empresariais e políticas estão se articulando. A preocupação é com o estado precário em que se encontra o que foi projetado para ser uma via expressa para o desenvolvimento dos municípios da Baixada Fluminense, além da obtenção de recursos para a conclusão das obras do trecho que corta o município de Magé, a Magé-Manilha.

Plantio não teve custos aos cofres públicos

 

Quem passou pelo centro de Queimados ontem (14) pode ver uma movimentação diferente na Praça dos Eucaliptos. Dezenas de homens trabalhando, máquinas perfurando o solo e árvores gigantes em cima de carretas foram o cenário no local. Toda essa atividade tem uma boa causa: A Prefeitura, através da secretaria municipal do Ambiente e Defesa dos Animais, começou o plantio de 11 palmeiras imperiais, resultado de uma compensação ambiental pela implantação de duas torres telefônicas no município...

Decisão é provisória e ainda será analisado pela Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça

 

O deputado estadual Francisco Manoel de Carvalho, Chiquinho da Mangueira, teve o pedido de prisão domiciliar atendido pelo  presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio Noronha. O magistrado acatou o argumento da defesa do parlamentar de que ele está doente e não estaria recebendo o tratamento adequado na prisão. Ele foi preso em novembro do ano passado na operação Furna da Onça. Segundo a defesa, Chiquinho perdeu oito quilos nos últimos e corria risco de vida se permanecesse na prisão.

Anúncio foi feito após decisão do presidente do STF, Dias Toffoli

 

A Petrobras informou que irá retomar o programa de desinvestimento após decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli. No último sábado (12), Toffoli suspendeu a decisão individual do ministro Marco Aurélio que dificultava a venda de parte dos ativos da Petrobras. O pedido de suspensão foi feito pela Advocacia-Geral da União (AGU). A decisão do ministro Marco Aurélio foi tomada em dezembro do ano passado e nela o ministro suspendeu os efeitos de decreto que define as regras de governança para cessão de direitos de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e gás pela Petrobras no país.