Medicamento vencido pode complicar a prefeita de Araruama
Comércio ilegal de cigarros supera mercado regular no Brasil
''Máfia'' do reboque perde a vez em Meriti
Grupo Locanty se perpetua também em Valença
Alívio no trânsito em Nova Iguaçu

No dia 24 de janeiro de 2003 o pastor da Igreja Universal do Reino de Deus, presidente regional do PSL e deputado federal Valdeci Paiva de Jesus foi assassinado. Ele havia sido eleito deputado estadual três meses antes e tinha como suplente o então vereador de Rio Bonito Marcos Abrahão (foto), que acabou assumindo a vaga na Assembleia Legislativa e foi apontado como mandante da morte do parlamentar. A Promotoria denunciou Abrahão e ele até que chegou a ser pronunciado para responder no 4º Tribunal do Júri, mas recorreu e seu deu bem. Hoje Marcos está preso, mas por corrupção. É acusado pelo Ministério Público Federal de receber R$ 1,5 milhão em propina para defender interesses na Assembleia Legislativa...

Rogelson Sanches Fontoura, o Gelsinho Guerreiro (foto), ex-prefeito de Mesquita, foi denunciado à Justiça mais uma vez pelo Ministério Público. A 1ª Promotoria de Tutela Coletiva de Nova Iguaçu ajuizou nova ação civil pública (ACP) por improbidade administrativa contra ele, esta pelo suposto uso da máquina pública "para imprimir a marca de sua administração através de slogan, cores e símbolos, pessoalizando as ações e rotulando toda a cidade, com intuito de concorrer à reeleição".

Estado anuncia compra de compra de mais de mil veículos e convocação de 573 concursados

 

Os investimentos do governo estadual na reestruturação da segurança pública vão garantir, até o fim do ano, a convocação de mais policiais militares concursados e a compra de novas viaturas, entre outras medidas financeiras e operacionais para reforçar o combate à criminalidade no Rio de Janeiro. Serão convocados em dezembro os últimos 573 PMs aprovados em concurso em 2014. Eles se juntarão a 800 policiais, que começaram a ser chamados em julho e iniciaram o curso no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cfap). A Polícia Civil também receberá reforço, com a formatura, prevista para o próximo mês, de 245 oficiais de cartório. Na recomposição dos quadros da perícia técnica, o governo já nomeou 96 papiloscopistas aprovados em concurso.

Contrato emergencial de seis meses foi o último. Prefeito eleito promete processo licitatório transparente e amplamente divulgado, bom serviço e garantia de direitos para os funcionários envolvidos na coleta de lixo e varrição das ruas

 

No apagar das luzes de sua interinidade, o prefeito temporário de Mangaratiba, Carlos Alberto Ferreira Graçano, o Charles da Vídeo Locadora, fez um contrato emergencial de mais de R$ 11 milhões, garantindo à empresa Rio Zin Ambiental mais seis meses de faturamento. Este, entretanto, pode ser o último compromisso firmado pela Prefeitura com o Grupo Locanty, que há vários anos vem atuando no município. O prefeito eleito Alan Campos da Costa, o Alan Bombeiro (foto), afirmou ontem (8) que não renovará com a empresa. Disse que vai licitar a prestação do serviço e que para isto espera poder contar com ajuda do Tribunal de Contas do Estado...

Mansueto Almeida discutiu ajuste fiscal com equipe de Bolsonaro

 

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, afirmou que se o governo Michel Temer não conseguir aprovar a reforma da Previdência este ano, não haverá nenhum impacto negativo para o mercado financeiro. Mas, segundo ele, o governo de Jair Bolsonaro deverá avançar nessa pauta em 2019. "Se [o governo Temer] aprovar algo infralegal esse ano, ótimo, é uma sinalização. Mas se não aprovar não é o fim do mundo. O que o mercado espera é a aprovação da reforma da Previdência no próximo ano. É necessária uma reforma da Previdência no país e o governo novo tem tempo de aprovar", disse Mansueto, que passou o dia de ontem (8) no Centro Cultural Banco do Brasil com a equipe de transição do governo eleito de Jair Bolsonaro. Mansueto tratou do ajuste fiscal com a equipe de transição e apresentou números do governo Temer. "Devemos terminar o ano com déficit primário bem melhor que a meta, em torno de R$ 120 bilhões. Fui mostrar a dinâmica da despesa".