E o 'aquário' tornou-se pequeno para tantos 'peixes' em Magé
Privatização pode salvar o Arco Metropolitano
Queimados ganha palmeiras imperiais em compensação ambiental
Segredo sobre contas chama atenção em Seropédica
Magé espera por novos alunos até o dia 15 de fevereiro

A Polícia Rodoviária Federal passou a fazer patrulhamento diário

 

O abandono do Arco Metropolitano, inaugurado em 2014 com a finalidade de ligar os municípios da Baixada Fluminense a Itaguaí tem levado os motoristas a evitarem a região, devido ao grande número de assaltos e ao furto das placas de iluminação solar, deixando vários trechos da rodovia às escuras. Como medida de segurança, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) passou a fazer patrulhamento diário na via. Na última sexta-feira (10) os agentes prenderam um homem de 49 anos furtando placas de energia solar no trecho de Duque de Caxias.

Um viaduto chamado de "novo ícone do crescimento"

 

Começam neste domingo as comemorações pelos 186 anos do município de Nova Iguaçu. Para isto a Prefeitura preparou uma programação especial que vai desde a já tradicional corrida de rua na Via Light, passa pela visita à obra de duplicação do viaduto da Avenida Barros Jr e vai até o Parque Natural Municipal, símbolo da preservação ambiental. Ao todo, serão oito dias de eventos.  Na terça-feira (15) o  prefeito Rogério Lisboa vai recepcionar o governador Wilson Witzel, que vai conhecer o viaduto, apontado como o "novo ícone do crescimento" da cidade.

Maurício Caetano era muito querido na região

 

Está sendo velado em Teresópolis, no centro pastoral da Igreja de Santo Antônio (Rua Gonçalo de Castro, nº 342), o ex-juiz do Trabalho Maurício Caetano Lourenço. O magistrado faleceu na tarde de ontem (11) e o corpo será cremado no início da noite deste sábado ontem. Maurício começou a carreira em 1993 juiz substituto e nesta condição atuou durante dois anos em varas da capital e do interior fluminense.

Repasses do Fundeb em 2018 superaram em R$ 42 milhões ao recebido em 2017

 

Os profissionais de ensino de Duque de Caxias, exemplo dos servidores dos demais setores, vem recebendo os vencimentos em partes. O mês de novembro, por exemplo só foi quitado está semana, mas não para todos, segundo reclama a categoria. Os salários vêm sendo quitados com atraso desde 2016 e alegação é de queda na receita por conta da crise econômica, mas no caso dos professores, os recursos para o setor vem aumentando a cada ano. Em 2018 as transferências do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) superaram em mais de R$ 42 milhões o total repassado em 2017 e as transferências de R$ 2017 foram superior a receita registrada em 2016.

Alvos são vereadores e empresários

 

Doze 12 mandados de busca e apreensão em endereços de vereadores, empresários e na sede da Câmara Municipal foram cumpridos nesta sexta-feira (11) pelo Ministério Público em Petrópolis, na Região Serrana do estado do Rio de Janeiro. A operação se dá em processo no qual foram denunciados os vereadores Paulo Igor da Silva Carelli; Ronaldo Luiz de Azevedo Carvalho, o Ronaldão; Luiz Antônio Pereira Aguiar, o Luizinho Sorriso; Reinaldo Meirelles da Sá, Wanderley Braga Taboada e o ex-vereador Marcos Luiz Bernardes Souza, o Marcos Montanha, além de empresários com contratos com o Poder Legislativo local.