Dos 27,4 mil registros de candidaturas, 8,4 mil são de mulheres
Professor de Magé dá exemplo valorizando a cultura escolar
TCE 'mela' terceirização da Saúde em Angra
BRK destaca importância do saneamento no Dia Nacional da Saúde
Número de desempregados recua 5,3% do primeiro para segundo trimestre: taxa de desemprego caiu de 13,1% para 12,4% no período

Apresentação será por ordem de classificação e vai de 8 a 10 de abril

Demorou, mas saiu a primeira convocação de candidatos aprovados no concurso realizado pela Prefeitura de Macaé para preencher vagas nas unidades do Programa Saúde de Família. Estão sendo chamados 153 aprovados e novas convocações de classificados dentro do cadastro de reserva deverão acontecer ainda nesse primeiro semestre. Foram convocados nessa primeira etapa médicos, enfermeiros, dentistas, técnicos de enfermagem, auxiliares de saúde bucal e agentes comunitários. Os profissionais terão de se apresentar, a partir dessa terça-feira, na Secretaria Municipal de Administração, localizada na Avenida Rui Barbosa, 275, 1º andar, sala 106, Galeria Macaé Center, no centro da cidade. Para conferir no edital os nomes e as datas que cada um deve se apresentar basta clicar na palavra em vermelho.

Ex-prefeito de Rio das Ostras “inicia” campanha como um grande realizador 

As eleições só vão acontecer no dia 5 de outubro, mas o ex-prefeito Carlos Augusto Balthazar já está praticamente em campanha, usando inclusive os meios de comunicação para se apresentar aos eleitores, o que não é proibido, desde que não peça votos e se afirme candidato, uma vez que as convenções sá acontecerão em junho.  A questão é que ele tem atuado nos bastidores contra possíveis adversários, patrocinando ações judiciais contra quem vê como desafeto e, nas horas vagas, se diz “o prefeito mais premiado da região”. É desse “mais premiado” que os atacados têm se aproveitado para dar o troco: “Mais premiado? Só se for com ações na Justiça”.

A empresa Comercial Castanho, controlada pelo primo do ex-prefeito André Monica (PMDB), o empresário Carlos Castanho, venceu, em 2010, uma licitação de mais de R$ 2 milhões na Prefeitura de Araruama, embora nem poderia ter participado do processo, por estar em situação irregular: não tinha alvará de funcionamento. Denúncia nesse sentido foi encaminhada no dia 29 de setembro de 2010 ao Ministério Público pelo fiscal de tributos Gelson Figueiredo da Costa, mas o MP ainda não se pronunciou sobre o assunto. O empresário ficou conhecido na cidade como “delator”, por ter denunciado ao Ministério Público um suposto esquema de fraude nas licitações durante a gestão atual, o que acabou resultando no afastamento cautelar do prefeito Miguel Jeovani (PP).

Ministério Público deverá abrir procedimento investigativo

O gasto de mais R$ 1,3 milhão na compra de móveis feito pela Câmara de Vereadores de Macaé deverá ser objeto de investigação por parte do Ministério Público. De acordo com denúncia apresentada na semana passada, o presidente da Casa, Eduardo Cardoso, homologou, no dia 28 de março, a licitação vencida pela micro empresa Top Mak Multicomercial - que não tem entre suas atividades registradas venda, montagem e instalação de moveis planejados -, objetos sociais exigidos no edital.

Secretário de Rio das Ostras foi mesmo responsável técnico de empresa contratada

Ao contrário do que fora propalado nos meios políticos de Rio das Ostras, o engenheiro Wainer Fajardo só se desligou da empresa Tec Pav - que desde a gestão do prefeito Carlos Augusto Balthazar tem contratos de prestação de serviços com a administração municipal - quando já era titular da Secretaria de Obras. O que sustenta essa informação é um documento do Conselho Regional de Engenharia, que dá conta de que Fajardo assumiu a responsabilidade técnica da empresa no dia 6 de novembro de 2008 e se desligou no dia 23 de maio de 2011, seis meses após assumir o cargo de secretário de Obras, tendo sido nomeado por Carlos Augusto no dia 26 de novembro de 2010.