Com promessa de tolerância zero à corrupção novo prefeito assume hoje à noite os destinos de Rio das Ostras
Vereador denuncia esquema de compra de voto para reprovar as contas do ex-prefeito na Câmara de Casimiro de Abreu
Fechada há dois anos Unidade Mista é reaberta em Belford Roxo
Moradores de Queimados terão mais água a partir de amanhã
Queimados agora tem área de lazer com proposta ecológica

As provas objetiva e discursiva para o cargo de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental da  Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag) agendadas ontem para o dia 27 de outubro, foram remarcadas agora a pouco para o dia 10 de novembro. A Fundação Ceperj adiou a data dos exames para ajustar o novo cronograma, que convoca os 2.483 candidatos de nível superior inscritos nesse cargo e que tiveram  canceladas as provas realizadas em 29 de setembro, devido à ocorrência de erro material.

Ações estão agendadas para disseminar prevenção ao câncer de mama

Começam amanhã, a partir das 10h, no centro de Nova Friburgo, as ações de conscientização do “Movimento Se Toca”, há 13 anos atuando nas campanhas de prevenção ao câncer de mama na cidade. A programação será levada também às localidades de Lumiar e São Pedro da Ser- ra, com orientação e o apoio das integran- tes da Associação da Mulher Mastectomi- zada de Nova Friburgo (AMMA), o que acontecerá durante todo este mês, o Outubro Rosa.

Candidatos prestarão novo exame dia 27

A Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro (Ceperj) cancelou ontem as provas objetiva e discursiva realizadas no dia 29 de setembro para o preenchimento de 40 vagas de gestor público na Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag). De acordo com a Fundação, “visando resguardar os interesses e a isonomia de 2.483 candidatos, de um total de 3.290, inscritos no quarto concurso para gestor público do estado, ficam canceladas as provas devido à ocorrência de erro material”.

Cardoso empurra Ricardo no PMDB pensando em 2016

Até semana passada “dono” do PSB no estado, o prefeito de Duque de Caxias, Alexandre Cardoso (sem partido), não está conseguindo por a sua casa em ordem, mas já está de olho na do vizinho. Pelo menos é isso que mostra o esforço para que o suplente de deputado estadual em exercício de mandato, Ricardo Correa de Barros, o Ricardo da Karol, deixasse a legenda e ingressasse no PMDB. O projeto pessoal de Alexandre, de acordo com o que ele mesmo tem confidenciado aos colaboradores mais próximos, é ampliar seus domínios para Magé, lançando Ricardo à sucessão do prefeito Nestor Vidal, como se a cidade fosse um “puxadinho” de Caxias, faltando, dessa forma, com respeito aos cidadãos mageenses. Quem percebe o interesse de Cardoso vê nisso “uma audácia muito grande”, pois o PMDB tem outros planos para Magé.

Valença consumiu R$ 11 milhões na Saúde, mas falta tudo no setor

A declaração do secretário de Fazenda do município de Valença, Paulo Roberto Russo, de que só nos primeiros quatro meses deste ano foram gastos R$ 11 milhões no setor de Saúde, está soando estranha na cidade, uma vez que o atendimento na rede tem deixado muito a desejar. A informação do secretário aguçou a curiosidade dos membros da Câmara de Vereadores, porque o montante teria sido aplicado principalmente no tratamento contra a dengue, que é feito basicamente com soro, um produto de baixo custo no varejo, preço mais reduzido ainda na compra por atacado. O problema é que a administração municipal vem sendo alvo de várias denúncias, mas os membros do Poder Legislativo tem ficado apenas nos acalorados discursos em plenário, sem nada de efetivo em termos de investigação.