Gratuidade no transporte teria gerado propina alta em Niterói
Rio das Flores: pequeno em tamanho, grande na falta de transparência
UFC desenvolve ketchup à base de acerola, beterraba e abóbora

O procurador da República Renato Machado denunciou a Cedae e dois de seus diretores por prática de crime ambiental na Reserva Biológica de Tinguá, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A ação é resultado de um inquérito civil público aberto pelo Ministério Público Federal (MPF), que apontou a estatal e dois diretores como “responsáveis por atividades de grande impacto ambiental, sem licenciamento”. Os réus são acusados de causar danos diretos à reserva por permitirem o funcionamento de empreendimentos de captação de água, a instalação de unidades de tratamento de água com flúor e a realização de obras em represas sem autorização do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). No ano passado, a Cedae foi autuada por realizar obras de reconstrução das estruturas na reserva sem autorização e por não dar início ao processo de regularização da captação de água.

A Secretaria de Administração liberou hoje mais uma convocação extraordinária de candidatos aprovados no concurso realizado pela Prefeitura de Magé em 2012, já convocados em janeiro. Esses devem se apresentar na próxima segunda-feira, a partir das 8h, na sede da Prefeitura, localizada na Praça Nilo Peçanha, no centro da cidade. Estão sendo aguardados para a entrega dos documentos exigidos no edital do processo seletivo os classificados entre as 89ª e 92ª colocações para professor de português; 91ª a 96ª para professor de matemática; 57ª a 59ª professor de história; 52ª a 56ª professor de ciências; 49ª a 51ª professor de geografia e professor II da 554ª colocação a 591ª. A lista completa está disponível aqui no elizeupires.com. Para conferir basta clicar sobre a palavra em vermelho.

Saúde de Nova Iguaçu e Duque de Caxias terão de informar o cumprimento da recomendação

As secretarias de Saúde de Nova Iguaçu e Duque de Caxias receberam do Ministério Público Federal (MPF) recomendação para que promovam “a adequada definição do fluxo de transferência de pacientes que necessitam de atendimento médico oncológico nos municípios, garantindo, assim, o acesso a tratamento digno com qualidade nos serviços”. A recomendação partiu de um inquérito civil público aberto apurar a deficiência da assistência oncológica prestada a uma paciente do município de Duque de Caxias.

Temos recebido centenas de mensagens indagando sobre convocações do concurso público realizado pela Prefeitura de Guapimirim em 2012 e informamos que esse processo seletivo já foi concluído e o prazo de validade venceu. As convocações, além do número de vagas imediatas, foram feitas dentro do que fora acordado em Termo de Ajuste de Conduta firmado entre a Prefeitura e o Ministério Público, portanto não há a menor possibilidade de novas chamadas. Todos os editais de convocação desse concurso foram veiculados aqui no elizeupires.com e todos puderam acompanhar o trâmite desse processo na medida em que os fatos (as convocações) iam acontecendo. Sobre esse certame não há mais o que noticiar, pois, repetimos, ele está encerrado.

Apesar da pressão e da falta de respeito com funcionários saíram sem pedir desculpas mesmo não tendo encontrado nenhuma irregularidade

A Procuradoria Geral do município de Japeri encaminhou hoje à 63ª Delegacia Policial queixa crime contra sete vereadores da cidade, acusados de invadirem uma unidade de ensino e “tocarem o terror” sobre os funcionários. Segundo relato da diretora da Escola Municipal Professora Celita Rodrigues de Andrade, localizada no bairro Marajoara, Naiuma Alves Manço, o presidente da Câmara Municipal, Cezar Melo (PT do B), munido de câmera fotográfica, acompanhado de assessores e dos vereadores José Walter de Macedo, o Val (PSB), Hélder Pedro Barros (PT do B), Márcio José Russo, o Manequinha (PRB), Márcio Rodrigues Rosa, o Bibi, José Luiz de Carvalho, o Luizinho (ambos do PR) e Jonas Aguiar Cruz (PMDB), invadiram o colégio, vasculharam todas as dependências e desrespeitaram os servidores. A versão de Naiuma foi confirmada pela diretora adjunta, Indiara Martins. “Eles invadiram a escola e se dividiram em dois grupos. Entraram em diversas salas de aula, despensa e cozinha. Abriram o freezer e geladeiras, olhando prazos de validade dos alimentos e quais os produtos que estavam nas prateleiras. Foi um absurdo, um desrespeito à lei”, afirmou a diretora.