IBGE reforça relação entre saúde e saneamento básico
Firma novata estréia faturando alto em Nova Iguaçu
Novo presidente terá de garantir mais vagas no ensino superior
Câmara não se esforça para abrir a caixa-preta do governo em Paraíba do Sul: fica nos requerimentos solenemente ignorados pelo prefeito
Sem renovação: 75% dos deputados federais devem se reeleger

Sou do tempo em que os integrantes do Corpo de Bombeiros eram chamados de “bravos soldados do fogo”. Eram muito respeitados pelos adultos e idolatrados pelas crianças. Nos meus dias de moleque travesso dez entre dez meninos queriam ser bombeiro quando crescessem. Isso foi há muito tempo, pois como a classe política adora estragar tudo o que é bom, apareceu um desses deputados (o projeto de lei apresentado pelo deputado Emir Laranjeiras foi aprovado em 1991) e tratou de inventar uma lei instituindo o porte de arma para nos nossos “soldados do fogo”. Deu no que deu: com uma pistola na cintura muitos bombeiros resolveram sair fazendo besteiras por aí...

Os servidores efetivos e os ocupantes de cargos comissionados tiveram aumento salarial de 10%. O reajuste foi aprovado na última quarta-feira. Segundo o presidente da Câmara, Sérgio Hotz (DEM), o projeto visa cumprir as exigências da Constituição Federal, que assegura a readequação da remuneração dos servidores públicos, em reposição às perdas salariais durante o exercício de 2012.

Nestor demite secretário e assessores para reestruturar o setor

O secretário de Saúde de Magé, Roberto Dayub foi exonerado na tarde de hoje pelo prefeito Nestor Vidal, que demitiu ainda vários assessores diretos, ocupantes de cargos de comando no setor. O prefeito falou agora a pouco ao elizeupires.com que vai passar o fim de semana trabalhando na reestruturação da equipe para, na segunda-feira, anunciar o novo secretário e a redistribuição das equipes de gestão.

Justiça determina posse de três aprovados no VI concurso de Rio das Ostras

Três decisões liminares tomadas pela Justiça em mandados de segurança impetrados por candidatos aprovados no concurso público realizado pela Prefeitura de Rio das Ostras no ano passado, renovaram as esperanças dos mais de três mil classificados dentro do número de vagas oferecidas no edital e ignoradas pelo prefeito Alcebíades Sabino dos Santos (PSC), que optou por fazer contratações temporárias. As liminares foram concedidas pelo juiz Henrique Assumpção Rodrigues de Almeida, da 2ª Vara Cível de Rio das Ostras, em favor de Marla Fernandes Roriz Amâncio, Rosestelia Rocha Martins (70ª e 99ª colocadas para professor nível 1, respectivamente) e Shirley de Araújo Pereira (9ª colocada para o cargo de guarda sanitário).

Caixa-preta das licitações precisa ser aberta

Fontes ligadas à gestão do prefeito Claudio Valente (PT), revelaram ontem ao elizeupires.com preocupação com os rumos que as coisas estariam tomando no setor de compras e contratos da Prefeitura, a Comissão Permanente de Licitação, onde os processos não estariam tramitando de forma transparente como determina a lei. Nos últimos dias, por exemplo, chegou ao município um grande volume de insumos para a rede municipal de Saúde, aquisições que, segundo essas mesmas fontes, teriam sido feitas sem licitação, a exemplo do que estaria acontecendo com o fornecimento de cestas básicas.