Gratuidade no transporte teria gerado propina alta em Niterói
Rio das Flores: pequeno em tamanho, grande na falta de transparência
UFC desenvolve ketchup à base de acerola, beterraba e abóbora
Crise financeira em Casimiro de Abreu não é tão feia como se pinta

Ela foi a grande responsável pelo voto feminino no Brasil

Mais que homenagear as mulheres pelo seu dia - comemorado amanhã-, o elizeupires.com quer relembrar uma figura muito importante no cenário político nacional, que raramente tem o seu nome citado. Ela foi a primeira brasileira a votar e a ser votada. Graças a ela, as mulheres do estado do Rio Grande do Norte conquistaram o direito ao voto, garantia inserida, em 1927, na lei eleitoral daquele estado: “No Rio Grande do Norte, poderão votar e ser votados, sem distinção de sexos, todos os cidadãos que reunirem as condições exigidas por esta lei”. Com esse artigo as primeiras eleitoras se alistaram em 1928 e, um ano depois era eleita, no município de Lages, a primeira prefeita da história do Brasil: Alzira Soriano.

Conhecido por sempre tentar ganhar no tapetão o jogo perdido nas urnas, o hoje deputado estadual André Ceciliano (PT), está começando a por as unhas de fora. Até dezembro do ano passado não dava um pio em relação a aliança PT/PMDB e rezava todos os dias pela cartilha do governo estadual, fazendo tudo o que o mestre mandava. Era suplente. Se dissesse alguma coisa poderia cair da cadeira. Bastou o deputado Rodrigo Neves ser diplomado em Niterói e assumir a Prefeitura para ele começar a cuspir no prato que comeu por quase dois anos e deixar os colegas em má situação.

Denúncia aponta crimes contra o sistema financeiro e formação de quadrilha

O procurador geral da República, Roberto Gurgel, encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF), denúncia contra o senador Lindberg Farias (PT), pelo rombo causado nos cofres do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Nova Iguaçu (Previni). Lindberg, que governou o município de 1º de janeiro de 2005 a 31 de março de 2010, é acusado agora de crime contra o sistema financeiro, desvio e malversação de recursos públicos, além de formação de quadrilha. Com ele respondem - pelos mesmos crimes - Gustavo Falcão Silva e Luciano Otávio Dutra Leite, ex-gestores do Previni, que já foram condenados pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro a devolverem R$ 2.357.917,32, por aplicações ilegais no mercado financeiro, usando recursos do órgão previdenciário. As fraudes contra o Previni começaram em 2005 e desde 2007 vinham sendo denunciadas pelo elizeupires.com. Ao todo Lindberg responde a mais de 400 processos e inquéritos, sendo o prefeito mais processado da história de Nova Iguaçu.

Estamos disponibilizando aqui a tabela com os valores da proposta do Plano de Cargos e Salários aprovada em assembleia pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Magé. O projeto de lei do PCC será encaminhado à Câmara de Vereadores para ser aprovado, para entrar em vigor já a partir de maio, mês definido como data base, o que significa dizer que de agora em diante haverá reajuste anual, sempre no mês de maio. Para conferir basta clicar sobre a palavra em vermelho.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE), destituiu do mandado o prefeito de Santa Maria Madalena, Clementino da Conceição (PP). A decisão foi comunicada hoje ao juízo da 33ª Zona Eleitoral, para que a Câmara de Vereadores dê posse ao segundo colocado nas eleições de 2012, Fernando Cesar Duarte (PSC). O TRE indeferiu, por unanimidade, o mandado de segurança impetrado pela defesa de Clementino. Conforme o elizeupires.com  já havia noticiado no dia 30 de dezembro, no dia 18 do mesmo mês  o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou o registro do vice-prefeito, Nestor Luiz Cardoso Lopes (PSDB), por entender que este se encontrava inelegível com base na Lei da Ficha Limpa. O indeferimento resultou na chamada “contaminação” da chapa, atingindo a candidatura de Clementino da Conceição. Diante da decisão do TSE, o juiz determinou a retotalização dos votos e nova diplomação, mas a defesa de Clementino impetrou um mandado de segurança e conseguiu suspender a decisão, sendo diplomado e empossado junto com Nestor Lopes. O recurso foi analisado ontem no mérito e a liminar foi derrubada.