Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação das escolas pelo Ministério da Educação
Nova Iguaçu na ''mira'' de seis
Que peixinho caro, prefeito!
Mesmo tardia, legislação de proteção à mulher no Brasil é avançada
Búzios, uma viagem inesquecível

Prefeitura chama professores, mas não divulga a lista

Os candidatos aprovados no último concurso público realizado pela Prefeitura de Itaboraí foram surpreendidos ontem com a notícia de que o município convocou 163 professores e que esses têm até hoje para se apresentarem para entregar os documentos, mas ninguém sabe quem são os convocados, pois a listagem não foi divulgada. “Conforme anunciado pelo prefeito Helil Cardozo em fevereiro, mais 163 professores concursados deverão se apresentar para integrar a rede de ensino de Itaboraí. Esta é a segunda convocação realizada pela Prefeitura para os profissionais da educação este ano. Em janeiro, 80 educadores foram chamados e já estão trabalhando nas salas de aula do município”, diz o site da Prefeitura, sem mostrar o edital de convocação, da mesma forma que não mostrou os nomes chamados em janeiro.

Gabaritos estão disponíveis aqui

Os 24.249 candidatos que disputam vagas na rede municipal de ensino de Seropédica fizeram prova no último domingo. A maior parte prestou exame na parte da manhã e cerca de dez mil inscritos à tarde. Os gabaritos podem ser conferidos aqui, bastando para isso clicar sobre as palavras em vermelho. O cargo mais disputado é o de inspetor de alunos, com 48,5 candidatos por vaga e o menos concorrido é do de Professor I - Música, com 4,1 inscritos por vaga.

Lista de convocados foi postada hoje à tarde

Treze horas após o elizeupires.com ter revelado que o edital de convocação dos aprovados no concurso público realizado pela Prefeitura de Silva Jardim no ano passado não havia sido divulgado adequadamente e que a maioria dos classificados não havia tomado conhecimento dos nomes e da quantidade de convocados, a Prefeitura postou o edital em seu site oficial, o que aconteceu depois das 13 horas de hoje. O edital relaciona 151 nomes para os cargos de agente administrativo e professores 1 e 2. Embora tenha saído com data de 7 de março, a convocação só chegou ao conhecimento da maior parte dos interessados na última quarta-feira, o que poderá prejudicar os candidatos, pois o prazo para apresentação termina hoje. Para conferir a lista basta clicar sobre a palavra em vermelho.

Quem analisa esse assunto pela ótica da razão vê nisso um grande circo, com os parlamentares dos estados não produtores jogando para a plateia e dois governadores (Eduardo Campos, Pernambuco e Cid Gomes, Ceará) fazendo uma guerra idiota, jogando estado contra estado. Eles agora tem um discurso. Poderão dizer a seus eleitores que fizeram de tudo para tirar dos ricos e darem aos pobres, mas que o Supremo Tribunal Federal (STF), não deixou. Sim, é isso que dirão, pois é exatamente o que irá acontecer, pois um magistrado julga pela legalidade, pelo direito e não por aquilo que alguém pensa que é direito. A lei que estabelece a nova partilha, mais que anticonstitucional, é burra, pois, além de quebrar o Pacto Federativo, passa por cima de contratos já firmados, rasgando um ato jurídico perfeito, coisa que não prevalece em nenhum tribunal do mundo.

Prefeito de Maricá pega oito anos de inelegibilidade 

O prefeito Washington Luiz Cardoso Siqueira, o Quaquá (PT) tem prazo de três dias, a contar de hoje, para recorrer junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), contra a sentença proferida pela juíza da 55ª Zona Eleitoral, Juliane Mósso Beyruth de Freitas Guimarães, que o declarou inelegível por um período de oito anos. Ele foi reeleito no ano passado e denunciado por ter desviado a finalidade do lançamento do Programa Renda Melhor para obter dividendos eleitorais.