TJ garante benefícios aos servidores de Guapimirim
Pneus velhos viram canteiros em Mesquita
Itaguaí tem espaço para terceira via na sucessão municipal
Prefeitura de Aperibé vai gastar R$ 848 mil com padaria...
Transporte de alunos em Japeri vai custar R$ 3,3 milhões

Além de profissionais para a rede municipal de ensino a Prefeitura de Rio das Ostras resolveu contratar também médicos, odontólogos, enfermeiros, assistente social, fisioterapeutas, psicólogos, técnico de enfermagem, técnicos de Radiologia, nutricionista, farmacêutico, maqueiros, agentes administrativo, auxiliares administrativo e auxiliares de serviços gerais (20). através de vínculo de trabalho temporário. Os interessados devem se inscrever na próxima segunda-feira, das 8h as 17h, na sede da Secretaria Municipal de Saúde, na Rua Jandira Moraes Pimentel, nº 504, Centro, munidos do Currículo e cópias dos seguintes documentos: RG, CPF, PIS/PASEP, Título de Eleitor, Carteira do Conselho, Comprovante da última votação ou Certidão de Quitação eleitoral, certidão de Nascimento/Casamento, Certidão de Nascimento dos Dependentes, Comprovante de Escolaridade (Diploma/Certificado), Certificado de Reservista (sexo masculino), Comprovante de Residência e Atestado de Saúde Ocupacional.

Para outras áreas não há previsão ainda

O secretário de Administração de Nova Iguaçu, Celso Valentim, assinou ato convocando 149 profissionais para a área de saúde. São médicos aprovados no concurso público realizado pela Prefeitura no ano passado e que se inscreveram para atuar no Programa Saúde da Família (PSF) e como pediatras e clínicos geral na rede municipal. Para conferir a listagem basta clicar sobre a palavra em vermelho. Os convocados têm prazo de cinco dias úteis para comparecerem, a contar da próxima segunda-feira. É necessário apresentar toda a documentação exigida no edital.

Inauguração está marcada para 28 de fevereiro

O presidente da Faetec, Celso Pansera, confirmou ontem, para o dia 28 de fevereiro a inauguração do Centro Vocacional Tecnológico (CVT), de Magé. A unidade será aberta oferecendo, inicialmente, 680 vagas em cursos profissionalizantes. A entrega do CVT à comunidade será feita pelo prefeito Nestor Vidal e o governador Sérgio Cabral, que vê a parceria com o governo municipal como “o diferencial para gerar benefícios diretos para a população. “O CVT em Magé vai ser a diferença. Vai permitir às pessoas de qualquer idade, que tenham a chance de melhorar ou conquistar uma colocação digna no mercado de trabalho, através da especialização profissional”, explicou o governador.

O prefeito Alcebíades Sabino confirmou ontem, logo após receber um grupo de candidatos aprovados no concurso público realizado pela Prefeitura de Rio das Ostras no ano passado, que uma comissão a ser formada pelos aprovados poderá acompanhar, oficialmente, todas as ações da Procuradoria Geral do município em relação a esse processo seletivo, que vai ser analisado pelo Ministério Público, que também vai investigar o contrato firmado entre a Prefeitura e a Fundação Trompowsky, entidade encarregada do certame.

Promotoria não reconhece a homologação depois que entidade falou em novo resultado

Embora tenha protocolado na quarta-feira, na Secretaria de Administração, ofício solicitando a publicação de um novo resultado final e a convocação de alguns candidatos para a realização de provas e testes psicológicos e de aptidão física, a Fundação Trompowsky, responsável pelo concurso público realizado no ano passado pela Prefeitura de Rio das Ostras, até o final da noite de ontem não havia disponibilizado para os candidatos a nova listagem. Ontem a Prefeitura limitou-se a publicar em seu site oficial a ata de uma reunião na qual o procurador do município, Eduardo Pacheco Castro e os promotores de Justiça Luiz Fernando Amoedo e Rafaela Domingues, concordaram que o processo seletivo ainda não terminou, uma vez que a entidade que o realizou apontou erros no resultado homologado no dia 5 de dezembro. Na reunião os promotores acenaram com a possibilidade de se firmar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), o que deverá ser discutido em nova reunião que foi marcada para o dia 21 de fevereiro. Os promotores requisitaram cópia integral do processo de contratação da fundação, que deverá ser investigado pelo Ministério Público. A ata está disponibilizada aqui. Para conferir é só clicar sobre a palavra em vermelho. A única certeza que se tem no momento é a de que a homologação não está sendo reconhecida como legítima.